Filosofia Vermelha

9/26/2022

Atos falhos

Season 3, Ep. 20
As parapraxias, ou atos falhos (Fehlleistungen), são manifestações de intenções perturbadoras do inconsciente em nossa atividade consciente. Ocorrem geralmente para evitar o desprazer, e são sempre sintomas de algum tipo de conflito psíquico, atuando como uma espécie de compromisso. De certo modo, podemos dizer que um ato falho é também um ato bem-sucedido, pois é quando um desejo inconsciente consegue alcançar seu objetivo de forma manifesta.Faça sua inscrição em nosso curso de introdução à filosofia: https://www.udemy.com/course/introducao-a-filosofia-dos-pre-socraticos-a-sartre/?referralCode=51CAB762A412100AFD38Apoia.se: seja um de nossos apoiadores e mantenha este trabalho no ar: https://apoia.se/filosofiavermelhaNossa chave PIX: filosofiavermelha@gmail.comAdquira meu livro: https://www.almarevolucionaria.com/product-page/pr%C3%A9-venda-duvidar-de-tudo-ensaios-sobre-filosofia-e-psican%C3%A1liseOs atos falhos são um dos principais meios de introdução à psicanálise, pois são mais simples de interpretar do que os sonhos e se manifestam em todos os indivíduos, não apenas em neuróticos. Não é por acaso que Freud escolheu este tema como o primeiro de suas Conferências Introdutórias sobre Psicanálise. Os atos falhos são uma clara manifestação de nossa psicopatologia da vida cotidiana, uma demonstração bem acessível da natureza contraditória e conflituosa que torna cada um de nós mais ou menos neurótico.